População participa do ato público de ‘Abraço Solidário ao HNSA’

População participa do ato público de ‘Abraço Solidário ao Hospital Nossa Senhora Auxiliadora’, que marca a reabertura da unidade de saúde

Vários cidadãos caratinguenses e da microrregião, dentre eles funcionários do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, mesa diretora, autoridades, lideranças políticas, empresários e representantes de diversos órgãos, se uniram em prol do hospital e deram um ‘grande abraço’ à instituição.
O gesto solidário aconteceu na tarde deste domingo (21/07) no entorno da unidade.
A cerimônia teve início com alguns pronunciamentos e foi abrilhantada pelas músicas entoadas pela banda Santa Cecília.

O ato marcou a reabertura do HNSA, um coroamento dos trabalhos que estão sendo realizados até então. Conforme destacado pelo provedor da unidade hospitalar, padre Moacir Ramos Nogueira, os atendimentos serão reiniciados de forma gradativa. Serão feitas as transferências dos pacientes das UPAs, através da regulação, nesta segunda-feira (22/07). No dia 23 terá início parte das cirurgias eletivas e, depois disso, o replanejamento será feito junto aos secretários de saúde.

Desde o dia do fechamento do hospital, em 15 de março deste ano, houve várias reuniões com representantes da Secretaria de Saúde de Minas Gerais. Entretanto, a Secretária de Saúde de Caratinga, Jacqueline Marli, mais uma vez, confirmou que há um atraso de três meses nos repasses feitos pelo Estado e, inicialmente, não há nenhuma sinalização de que este aporte seja feito nos próximos dias. Portanto, para esta reabertura da unidade de saúde, houve a necessidade de fazer todo um replanejamento.
A secretária ainda destacou que dos 13 municípios que compõem a microrregião, 11 se comprometeram e assinaram a proposta de convênio.

A contrapartida de cada prefeitura é equivalente a R$ 3 per capita com o número de cirurgias eletivas que o hospital irá oferecer em cima deste valor de contribuição. O prefeito de Santa Rita de Minas, Ademilson Fernandes, que compareceu em diversas reuniões, enfatizou a alegria e importância da reabertura do hospital.

A gestão administrativa do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora ficará por conta do Instituto Solidário de Vitória, que tem como superintendente Maria do Rosário Chequer Soares. Ela destacou que foi desenvolvido um plano de recuperação que tem o objetivo de tornar o hospital resolutivo e sua reabertura efetiva.

Durante a cerimônia houve o descerramento da fita.
A sociedade compareceu para dar um grande abraço ao Hospital Nossa Senhora Auxiliadora – que passou por reformas e melhorias de sua infraestrutura, graças a inúmeros colaboradores, inclusive o Grupo Amigos do Hospital, coordenado pelo pastor Elan Tebas.

Após o abraço, as pessoas puderam ver de perto as instalações da maternidade.

Deixe um comentário