:: INSS
:: Gama Saude
:: Capesaude
:: GEAP
:: Orizon Brasil
:: Usisaude
:: Caixa Ecomica Federal
:: Vitallis
:: Forluz
:: Policia Militar
:: DATASUS
:: AMIL
:: Bradesco Saude
:: Cassi
:: Operass
:: Fundacao Pampulha
:: DPRO Policia Militar
:: UNEC
:: SUSFACIL
:: CONTRIBUIÇÕES
:: Hospital N. S. Auxiliadora festeja seus noventa e seis anos

CARATINGA - O Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, completou nessa sexta-feira, dia 24 de maio, noventa e seis anos de existência. O provedor do hospital, Sérgio Luiz Ribeiro, falou sobre a instituição, sua estrutura de atendimento e planos futuros.

No início o HNSA, chamava-se "Nossa Senhora das Dores". Na obra "Na História da Diocese de Caratinga", volume I, no prelo do Padre Othon Fernandes Loures, vemos uma carta do vigário de Caratinga, Padre Modesto Augusto Vieira, ao Arcebispo de Mariana Dom Silvério Gomes Pimenta, com data de 12 de fevereiro de 1910: que dizia: "Comunico a V. Excelência que estamos fundando um hospital com o nome de Nossa Senhora das Dores, sendo como principal agente, o nosso amigo João Cupertino, de Ponte Nova, viajante. O prédio já está comprado e estamos promovendo o melhoramento do mesmo. Pedimos bênção de V. Ex.cia para que, com auxílio de Deus, possamos alcançar este benefício de grande necessidade para a nossa mata".

No Estatuto de HNSA consta que ele foi fundado aos 24 de maio de 1917. Ele funcionava em uma casa adaptada, na Rua do Comércio (Princesa Isabel). A mudança do nome para Nossa Senhora Auxiliadora é atribuída a Dª Isabel Vieira, irmã de Dom Modesto e ex-aluna salesiana.

Achavam-se à frente dos trabalhos do Hospital Dª Isabel Vieira e Dª Arminda Moreira; os médicos Dr. Julio Guilhon, Dr. Joaquim Meira, Dr. Raymundo Luiz e Dr. Arthur Albino, que ali atendiam os pobres, de graça.

Em 1919, o jornal "O Missionário", editado por Monsenhor Rocha, convocava todo o povo de Caratinga para reiniciar as obras do hospital. Ele promove então uma grande festa em prol do Hospital de Caratinga, no dia 31 de agosto de 1919. "O Missionário? (n° 15) relata que com os acordes das duas bandas de música locais, na Praça Cesário Alvim, celebrou-se a missa das 10h. A Consultoria Técnica Hospitalar do Centro São Camilo, de São Paulo, acompanhou estes estudos e deu seu parecer sobre a sua montagem. E em 31 de março de 1960, Dom José Eugênio Côrrea nomeou a Mesa Administrativa, para o triênio 1960-1962.


a direita: Provedor do hospital: Sérgio Luiz Ribeiro| esquerda: Diretor do hospital: Claudio de Oliveira Paiva

De acordo com Sérgio, o HNSA é um hospital de abrangência microrregional, atendendo a quatorze municípios, incluindo Caratinga. Basicamente 90% do atendimento é feito pelo SUS, uma vez que a instituição é filantrópica, já os outros 10% são referentes a consultas particulares.

O hospital conta com aproximadamente 170 leitos, sendo dez destinados a UTI adulto, seis Neonatal, e os demais repartidos entre clínica médica e cirurgia. ?O grande diferencial é a maternidade Grimaldo Barros, que conta com uma estrutura toda nova, proporcionando uma melhor qualidade de vida aos recém nascidos e as mães? diz Sérgio. A maternidade iniciou suas atividades em 2010.

O HNSA tem hoje, 390 funcionários ativos, empregando funcionários da região. Já o PAM ? Pronto Atendimento Municipal, é administrado pelo hospital em parceria com a Prefeitura Municipal de Caratinga. Recentemente o PAM passou por uma ampla reforma, ampliando sua estrutura física e trazendo maior qualidade e conforto aos pacientes. Esse ano, o HNSA realizou a primeira coleta para doação de órgãos em parceria com o MG Transplantes.

Ainda de acordo com Sérgio, com a vinda do Secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques, a Caratinga, ?temos perspectivas de bons projetos a serem implantados no hospital, inclusive ampliação e construção de um novo prédio anexo a maternidade, a ampliação de mais quatro leitos da UTI Neonatal, ampliação de mais dez leitos da UTI adulto, e o credenciamento da maternidade em Alto Risco, gerando assim mais recursos para o hospital. Nossas perspectivas para o hospital são as melhores possíveis, queremos que a população da microrregião, principalmente as mais carentes, tenha o tratamento digno que merecem?

Houve uma missa na capela do hospital, às 17h, celebrada pelo Padre Rondineli Brun. A celebração contou com a participação de funcionários e da diretoria do hospital.

HOSPITAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA - Rua Dep. José Augusto Ferreira, 89 - Centro Tel. (33) 3322-6400 - Caratinga - MG
Desenvolvido pelo Dpto.Tecnologia da Informação