:: INSS
:: Gama Saude
:: Capesaude
:: GEAP
:: Orizon Brasil
:: Usisaude
:: Caixa Ecomica Federal
:: Vitallis
:: Forluz
:: Policia Militar
:: DATASUS
:: AMIL
:: Bradesco Saude
:: Cassi
:: Operass
:: Fundacao Pampulha
:: DPRO Policia Militar
:: UNEC
:: SUSFACIL
:: CONTRIBUIÇÕES
::AS MINHAS MAMAS ESTÃO EMPEDRADAS. O QUE DEVO FAZER?

Aconteceu o que chamamos de descida do leite. Entre o terceiro e o quinto dia após o parto, o leite maduro junta-se ao colostro e vem numa quantidade maior do que o bebê é capaz de mamar. Esse excedente precisa ser retirado, não só para o seu alívio, mas também para facilitar a próxima mamada.

Para isso, verifique antes de amamentar se a aréola está flexível. Se estiver rígida, massageie a região com a ponta do dedo indicador em movimentos circulares. O sentido da massagem é do bico para a base da mama, a fim de desobstruir o caminho por onde o leite passa, e não deve durar mais do que 15 minutos de cada lado. Isso vai amaciar a região e facilitar a sucção do bebê.

Após a mamada, examine novamente as mamas para verificar se não existem mais pontos de parada de leite. Se existirem, faça uma nova massagem, dessa vez com a ponta dos dedos indicador e médio, ponto por ponto. Mantenha a outra mão no lado oposto da massagem em posição de concha.

Realizado corretamente, esse procedimento provoca a saída espontânea do leite, sem que seja necessário forçar a sua retirada. Você pode também utilizar compressas frias para diminuir o calor no local.

HOSPITAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA - Rua Dep. José Augusto Ferreira, 89 - Centro Tel. (33) 3322-6400 - Caratinga - MG
Desenvolvido pelo Dpto.Tecnologia da Informação